sábado, 12 de setembro de 2009

NOTA INTRODUTÓRIA

O Encontro "Cidadãs da Diáspora" decorreu em dois espaços diferentes:
- Em Espinho, no Centro Multimeios, de 6 a 8 de Março, como previsto, após a realização das reuniões preparatórias em Buenos Aires (2005), Estocolmo (2006), Toronto (2007) Joanesburgo e Berkeley (2008) - os chamados "Encontros para a Cidadania - A Igualdade entre Mulheres e Homens " - que nele tiveram o seu epílogo;
-E num blogue criado em Dezembro de 2008, pela Associação "Mulher Migrante", para abrir o debate, através da internet, ao longo de muitos meses, antes e depois daqueles três dia de Março de 2009, a todos os que quisessem participar, a partir de qualquer ponto do globo, de qualquer comunidade da Diáspora, enviando os seus textos, os seus comentários, as suas saudações.
E, por isso, decidimos editar duas publicações geminadas:

Uma, "CIDADÃS DA DiÁSPORA - ENCONTRO EM ESPINHO", contendo as intervenções da Dr.ª Maria Barroso, Presidente de Honra dos "Encontros", do Secretários de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Dr. Jorge Lacão, do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Dr. António Braga, e as comunicações de conferencistas e oradores dos paineis;
Outra, com o título " MULHERES MIGRANTES - CONGRESSO ONLINE", onde se dão a conhecer os contributos dos "congressistas " do blogue, muitos dos quais estiveram, também, presentes em Espinho.

Aqui transcrevemos, na íntegra, textos de uma grande valia científica, escritos por quase todos os conferenciastas do Encontro de Espinho, que já foi chamada "uma verdadeira cimeira" dos maiores especialistas portugueses neste domínio.
Aqui deixamos o registo possível, embora, sabemo-lo bem, incompleto de diálogos, de testemunhos, de ensinamentos, de aprendizagens individuais no conhecimento de uma realidade ainda insuficintemente estudada - a das migrações femininas, no nosso tempo - e também a memória de vivências, de partilha de experiências e de aspirações, de amizades que se aprofundaram, de vontades de articular formas de colaboração futura.
Aqui manifestamos o propósito de converter esta simples publicação em instrumento de dinamização das recomendações e dos programas de acção resultantes de um trabalho de muitos anos da Associação "Mulher Migrante", pois a sua apresentação pública será feita em múltiplos "reencontros", no modelo de seminários ou colóquios, a fim de relançar o debate de ideias e a mobilização na luta pela igualdade, ainda por conseguir plenamente.
Como dissemos, na sessão de abertura dos trabalhos, com o Encontro de Espinho se encerra um ciclo, mas não se esgota o projecto que nos move. Esse é para continuar.

Maria Manuela Aguiar

Sem comentários:

Enviar um comentário